sábado, 17 de janeiro de 2009

Fariseus vs Cristãos

Fariseus vs Cristãos
Tema : “Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus. (Mt 5v 20)

Introdução : O Senhor Jesus Cristo, nos ensina que para entrar nos céus nosso comportamentos e atitudes devem ser bem diferentes das dos fariseus, que por serem religiosos extremistas, tinha em seus corações a presunção de saber os mandamentos de Deus na lei de Moisés. Todavia enquanto achava que estavam bem perto de Deus, estavam indo para o inferno. Apartir do versos 13 ao 16 fala aos seus discípulos seus deveres para com Deus e os homens. Já apartir do verso 17 ao 47 e conclui no verso 48 que devemos ser perfeitos pois nosso pai celestial, o Senhor Deus é perfeito.

Mt 5 v13-48
13 Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; 15 nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa.
16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Comentário : Cristãos Chamado como sal, para restaurar o sabor em uma sociedade que vive milhares de dissabores em todos os lugares; Chamado para ser luz do mundo, pois o mesmo está em trevas; Chamados com Cidade estabelecida no monte; pois uma cidade nas montanhas, alem de ser vista por todos, atrai os sem destinos por abrigo e orientação.
Chamados como Candeia acesa; para trazer luz aos homens por meio das boas obras.

Comentário (v) 17-19 : Fariseu : Ensinava os homens, vezes tirava um i, vezes um til, vezes Acrescentava. Para Deus : Primeiro devemos cumprir os mandamentos e depois ensinar aos homens sem omitir nem um só i ou til da sua palavra Deus.

Comentário (v) 21,22 : Fariseu : Não matava Porem : Se enraivecia, injuriava e chamava seu irmão de louco ou seja sem inteligência. Para Deus: todas estas atitudes são dignas de juízo e condenação eterna

Comentário (v) 23,24 : Fariseu : Ofertava Porem : Não se reconciliava com seu próximo Deus não recebe oferta : com intriga e ódio

Comentário (v) 25,26 : Fariseu : Não conciliava, não tinha acordo seu prazer era ir a juizo, pois confiava na sua posição e prestigio por ser fariseu.
Porem : Esquecia que foi Deus que estabeleceu as autoridades, logo seria julgado e preso.

Comentário (v) 27,28 : Fariseu : Não adulterava Porem : Cobiçava a mulher do próximo Deus condena tais pensamentos : Como sendo adultério

Comentário (v) 29,30 : Fariseu : Dizia que a culpa era do olho e da mão, para continuar pecando Deus condena tais desculpa : E nos ensinar que devemos arrancar de nos o que nos faz pecar, ou seja devemos apartarmos de toda aparência do mal, pois, só assim entraremos no céus .
Comentário (v) 31,32 : Fariseu : Se separava da sua mulher por qualquer motivo Deus Condena tais pratica : Pois o que Deus uniu não separa o homem; Salvo por caso de Adultério

Comentário (v) 33-37 : Fariseu : Jurava por tudo, para trazer confiança de outros e chamar a atenção de alguns. Fazendo isso dava lugar ao maligno.
Deus Condena tais atitudes : Pois nem sobre nossos cabelos temos poder algum; como podemos jurar por alguma coisa; Deus aprova o sim e o não.

Comentário (v) 38-42 : Fariseu : Pagava mal por mal e guando ajudava alguém era somente o estabelecido nada mais. Deus condena tais ações : Pois ele não nos trata, segundo nossas iniquidade.
Comentário : (v) 43-47 Só seremos justos diante de Deus, se passarmos a amar quem nos odeia e ajudarmos quem não pode nos retribuir

48 Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.
Ev. Eli Hudson
Ass.Deus M.Perus

Um comentário:

Anônimo disse...

vc esta parecendo jonh sttot
rsrs
muito bom querido!

Curas e Milagres

Loading...

Arrebatamento

Loading...